Coluna

– Jornalismo com opinião

<

Desembargador Gebran Neto anula habeas corpus de Lula

Publicado por: em 8/07/18 3:14 PM

Neste domingo, 8, o desembargador plantonista do TRF 4, Rogério Fraveto, permitiu habeas corpus do ex-presidente Lula.

O juíz federal Sérgio Moro, questionando a decisão, emitiu despacho e o enviou para o relator do caso, Gebran Neto, suspendendo a decisão do desembargador. Lembrando que o juiz está de férias até 31 de julho, segundo registros oficiais, e não poderia estar despachando decisão sobre o caso. Para o senador Lidbergh Farias, (PT-RJ)

“É um escândalo completo: Moro está de férias, não pode despachar. Ignora está condição para DESAFIAR uma instância superior. Sua militância nesse caso, virou DESACATO”, afirma em seu twitter.

O desembargador Favreto manteve sua decisão e solicitou que o cumprimento da medida fosse feito imediatamente, sob pena de responsabilização por descumprimento de ordem judicial.

Solicitado, o desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da operação Lava Jato em segunda instância, anulou o pedido de habeas corpus, alegando que houve inconsistências técnicas na impetração, o que a torna de cabimento duvidoso:

“Para evitar maior tumulto para tramitação deste habeas corpus, até porque a decisão proferida em caráter de plantão poderia ser revisada por mim, juiz natural para este processo, em qualquer  momento. Determino que a autoridade coautora e a Polícia Federal do Paraná se abstenham de praticar qualquer ato que modifique a decisão colegiada da 8ª Turma”, anotou Gebran Neto.

 

 

 

 

 

Natália Barbosa
Estudante de administração, paulista e feminista.
Natália Barbosa on FacebookNatália Barbosa on Instagram
banner com links