Coluna

– Jornalismo com opinião

Feliciano faz piada com morte de militantes de esquerda

O Martor Marco Feliciano faz piada, envolvendo tiros na cabeça e militantes de esquerda após o assassinato de Marielle, executada com quatro tiros na cabeça.

Em entrevista à rádio jovem pan, com a turma do pânico na TV, o deputado da bancada Evangélica, Marco Feliciano também se posicionou sobre a morte da vereadora executada.

O caso não é uma novidade já que o deputado que sempre falou de maneira absolutamente fascista e desonesta sobre os movimentos populares.

Em nome de Deus e da “família”, agora propõe um absurdo contra as frentes de esquerda. Sejam elas o movimento LGBT, trabalhadores organizados em sindicatos, e partidos políticos. Além daqueles que não são necessariamente de esquerda, como os defensores dos Direitos Humanos e de pautas progressistas.

A bancada deixou o seu recado sobre a Esquerda. Ou nos unimos agora ou somos mortos em nome de ”Deus”.

Não é a primeira vez

O religioso, que mataria Jesus de desgosto, é reincidente quando o tema é preconceito, inclusive justificando crimes de ótimo com tweets como:

 “A podridão dos sentimentos dos homoafetivos levam ao ódio, ao crime, à rejeição”

Em 2011, Feliciano postou também que africanos são amaldiçoados pelo personagem bíblico Noé. “Isso é fato”. O post depois foi deletado.

Em sua defesa no STF, protocolada , Feliciano diz que não é homofóbico e racista. Mas reforça sua interpretação de que há a maldição contra africanos.

“Citando a Bíblia […], africanos descendem de Cão [ou Cam], filho de Noé. E, como cristãos, cremos em bênçãos e, portanto, não podemos ignorar as maldições”.

Feliciano é homem que se diz seguidor de Jesus Cristo mas que justifica crimes de ódio, racismo e todo tipo de absurdo em prol de uma perseguição desenfreada atrás de um inimigo imaginário. Seria isso o desespero por um holofote com alguns minutos de fama? O que faz um homem de Deus sentir tanto ódio?

Veja o vídeo abaixo. 

Pastor e politico Marcos Feliciano, sugere que esquerdas levem um tiro na cabeça

VEJA O QUE UM REPRESENTANTE EVANGÉLICO DISSE Pastor e politico Marcos Feliciano, sugere que esquerdas levem um tiro na cabeça, e diz que Marielle Franco não é líder de nada e que o PSOL não é partido politico, segundo ele a Marielle Franco discursava em favor de traficantes onde ela defendia que os mesmos deveriam ter metralhadoras para encarar a policia e nós temos que desmilitarizar a policia'' Marcelo Freixo PSOL Niterói PSOL Carioca Mídia Ninja Berenice Seara PSOL 50 Chico Alencar Glauber Braga Jean Wyllys David Miranda #RioWestFm #Rio #Fm #West #RioFm

Gepostet von Rio West Fm am Dienstag, 20. März 2018

Redação A Coluna
banner com links
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
banner com links