Coluna

– Jornalismo com opinião

Ocupação de estudantes em prol dos terceirizados da UFPR

Na última terça-feira (10/04/2018), o Departamento de Serviços Gerais da UFPR (DSG) foi ocupado por estudantes que reivindicam o fim da perseguição política aos trabalhadores terceirizados dos Restaurantes Universitários. Tais trabalhadores, recentemente, sofreram uma série de cortes em seus direitos de modo que estavam sendo, inclusive, coagidos e ameaçados a não se mobilizarem em luta por melhorias. Redução salarial, redução do vale alimentação e redução do quadro de funcionários – ocasionando excesso da carga de trabalho e acidentes na cozinha – foram alguns dos mais relevantes problemas agravados sob a administração da nova empresa, a Blumenauense.

O DSE é o órgão da universidade responsável pelas licitações e pagamentos de contratos das empresas terceirizadas. A ocupação pretende continuar até que as exigências dos estudantes e trabalhadores sejam atendidas. Entre elas podemos citar a não criminalização dos estudantes envolvidos na ocupação, o retorno do antigo valor de vale alimentação (que foi reduzido de R$330,00 para R$191,00) e a recontratação de trabalhadores demitidos com estabilidade de, no mínimo, seis meses.

Durante a ocupação, a Polícia Militar cercou o prédio e fechou ruas próximas. Porém, aproveitando-se do desconforto de uma minoria de funcionários do DSG com a ocupação, a grande imprensa veiculou ilações descabidas de que pessoas teriam sido feitas reféns no prédio. O grande propósito de tais afirmações, no entanto, é de desmoralizar e criminalizar a manifestação e a luta de estudantes e trabalhadores.

 

A terceirização e acompanhada dela a precarização dos serviços prestados nas universidades são partes do programa de desmonte das instituições públicas de ensino. Mentiras e manipulação de informações sempre foram os principais meios criminalização de movimentos sociais e de perpetuação do retrocesso de direitos dos trabalhadores por meio do convencimento da opinião pública. É justamente por isso que o combate ao sucateamento das universidades públicas, hoje, merece todo o apoio e união de trabalhadores e estudantes.

Guilherme Leonardo
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
banner com links