Coluna

– Jornalismo com opinião

Polêmica com contratação corintiana, direitos televisivos e roubo na CBF

Três assuntos no futebol brasileiro que envolvem o seu lado político merecem destaque considerável nesta semana. A polêmica desistência do Corinthians na contratação do atacante Juninho, o fim dos canais Esporte Interativo na TV fechada (interferindo nos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro dos próximos anos) e por fim, o roubo que a CBF não (isso mesmo, NÃO!) quer ressarcimento.

O Corinthians anunciou nesta semana a contratação por empréstimo do atacante Juninho, que pertence ao Sport. Mas o que o clube menos esperava aconteceu: a torcida rechaçou em peso a contratação.

Juninho foi indiciado por agressão à ex-namorada no final de 2017 e o clube pernambucano emprestou o jogador ao Ceará, que também não o quer. Por conta do recente histórico problemático, sobretudo por se tratar de uma agressão a uma mulher, a torcida corintiana repudiou a contratação utilizando-se do que o próprio clube andou promovendo nos últimos tempos. Como, por exemplo, usando o futebol feminino para enviar mensagens de combate ao machismo e violência, cujo ápice é a hashtag #RespeitaAsMinas.

Para piorar, horas antes do anúncio do empréstimo do atacante de apenas 19 anos, o clube emitiu uma mensagem nas redes sociais em tom de celebração aos 12 anos da Lei Maria da Penha. Em contrapartida, também se levantou a questão nas redes sociais de que o jogador pode ter mudado, ou que não merece receber esse “linchamento virtual” e ter a carreira manchada, ou ainda dizendo ser o novo clube uma vitrine para a redenção do jogador.

Para tirarmos alguma conclusão, a história nos mostrará no futuro qual será o destino do jogador, se o clube realmente demonstra coerência no discurso, se só mudou por pressão, ou realmente acredita na mudança do atleta. Aguardemos.

O segundo acontecimento é que o grupo Turner, administrador os canais Esporte Interativo, anunciou que não contará em poucos dias com os seus canais na TV fechada. Para além do problema da crise nos grandes meios de comunicação está o fato de que os canais em questão fecharam com sete times que disputam a Série A do Brasileirão atualmente, três deles (Bahia, Santos e Atlético-PR) já declararam que analisaram os termos do contrato e poderão abandonar o barco depois do anúncio de que os direitos dos jogos migrarão para os canais TNT e Space.

Situação delicada para o veículo e para os clubes, pois os que assinaram com o Esporte Interativo, fizeram em oposição aos que assinaram com a Rede Globo, hegemonizadora das transmissões futebolísticas, e parecia ser um golpe na poderosa emissora. No entanto, como ficarão esses clubes? Negociarão agora com a Globo na condição de filhos pródigos? Ou conseguirão uma alternativa que não lhes afete financeiramente?

Para tirarmos alguma conclusão, a história concluirá está novela, que mais parece uma briga de foice entre clubes e emissoras para ver quem sai por cima politicamente e economicamente. Agora o jogo mudou drasticamente.

Por fim, é público e notório que o ex-presidente da CBF José Maria Marin está preso nos EUA por diversos crimes, um deles é que, juntamente com Ricardo Teixeira e Marco Polo Del Nero, (também ex-presidentes e também na história recente) desviou dinheiro dos cofres da entidade máxima do futebol nacional para benefício próprio.

O governo estadunidense apertou de um lado, a Fifa do outro, e esta última sinaliza requerer sua parte do reembolso, já a CBF não. Segundo a justiça americana, o prejuízo da CBF foi na casa dos milhões. Mas, das duas, uma: ou eles nunca lesaram a entidade usurpando alguns de seus recursos indevidamente, ou a CBF e seu grupo político ainda pretende salvar a pele dos três ex-presidentes. Um abandonou o posto devido à quantidade de acusações, o outro está preso, o último banido do esporte.

Para tirarmos alguma conclusão, a história, sempre ela, trará tudo à tona. Não são todos que acabam absolvidos por ela.

Kalleb Barboza
Formado em jornalismo pela FIAM-FAAM, amante de esportes e um curioso sobre seus acontecimentos políticos e históricos

kalleb@acoluna.co
banner com links
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
banner com links