Coluna

– Jornalismo com opinião

<

Uma esquerda orfã

Publicado por: em 9/10/15 1:16 AM

O fascismo brasileiro e modernizado traz soluções simplistas que dão repostas àqueles que sentem que não têm mais para onde correr, além de se esconder em uma fina camada de inclusão.

O aumento do conservadorismo, encontrou espaço diante de um vácuo moral, ideológico e político deixado pelo PT.

Qual é o papel da esquerda neste cenário? Ela está entre o céu e o inferno, no meio de uma dualidade débil entre uma direita insana e um PT desesperado.

Desde as eleições, quem elegeu esse governo, não pauta o governo, pois muita gente na esquerda embarcou nessa história de golpe e desde então só recuam por medo.

Uma parte da esquerda está presa a uma chantagem emocional que acusa a crítica ao partido como “um prato cheio para a direita”. Este argumento é manipulador, emburrecedor e reducionista, esvaziando a autocrítica  princípio que um dia guiou o PT.

O PT flerta inadvertidamente com o neoliberalismo quando se submete à suas alianças.E o neoliberalismo em sua progressão só existem dois caminhos o do colonialismo ou o fascismo, o último vem se mostrando mais interessante e lucrativo,

Uma nova operação condor foi iniciada.Sim, a guerra já começou, por todo o globo os súditos do eixo se levantam contra governos populares ou contra governos de direita mesmo.

Você pode achar besteira, mas não acha no mínimo estranho a escalada de terror neonazista na Ucrânia e Europa ou as recentes manifestações neonazistas nos EUA não receberem sequer a mais mínima das linhas em um jornal como a Folha, ou uma revista como a veja?

Enquanto fazem você olhar para o outro lado, guerras secretas são deflagradas ao redor do globo, os súditos do eixo voltaram, aprenderam com os erros do passado, aprenderam a como terem sutileza e usarem a própria democracia contra ela mesma.

Aqui no Brasil, movimentos como a UNE se acomodaram e entraram em um estado letárgico a tal ponto que não se existem mais defesas e organizações contra o fascismo, o PT que por muitos anos pregou ser um ponto de encontro da esquerda, teve a sua chance mas ficou olhando para os próprios pés, agora se vê acorrentado a um neoliberalismo e assiste ao  êxodo da esquerda dentro do partido.

Se a esquerda esperar que um partido seja a salvação, estaremos fadados ao fracasso e derrota. Em tempos como estes, não existe defesa da legalidade, devolvemos defender unicamente o povo, o trabalhismo.

Na Ucrânia a esquerda já foi criminalizada, assim como já foi na Itália e na Alemanha de 30 ou o Brasil de 64.
Ao contrário do que se falam, não existe URSS que salve sujeito algum, já que o próprio Putin vê o nazismo crescer na terra do exército vermelho sem tomar providências.


Apenas o povo e unicamente o povo será a força motriz da revolução. Para abrir os olhos basta se perguntar, quanto tempo você dará de atenção aos que falam sem saber?

Redação A Coluna
banner com links